English
Notícias

O Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) é responsável pela operação da única fonte de luz síncrotron da América Latina, que permite a execução de experimentos em diversas técnicas de análise microscópica da matéria usando radiação infravermelha, ultravioleta e raios X. Confira abaixo as principais notícias do LNLS.

1º de Março de 2021

Regras reforçam o compromisso do CNPEM no atendimento à comunidade científica, buscando sempre assegurar a saúde dos usuários e de seus funcionários.

Durante o período de pandemia de COVID-19, o CNPEM tem adotado práticas excepcionais de atendimento aos seus pesquisadores-usuários, buscando reduzir a disseminação do coronavírus. Essas regras reforçam o compromisso do CNPEM no atendimento à comunidade científica, buscando sempre assegurar a saúde dos usuários e de seus funcionários.

1º de Março de 2021

O período de inscrição com submissão de resumos vai de 1 a 31 de março de 2021.

Estão abertas as inscrições para a Escola Ricardo Rodrigues de Luz Síncrotron (ER2LS), que será realizada de 12 a 23 de julho de 2021. Promovida pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), parte do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), a realização desta edição será totalmente online, através da plataforma Whova, devido a pandemia de COVID-19.

9 de Fevereiro de 2021

O registro e submissão de trabalhos vai até 1º de março de 2021

As inscrições estão abertas para a edição online do encontro internacional PALSA 2021 e seu satélite, AgroEnviro Workshop! O eventos serão realizados entre os dias 12 e 16 de abril de 2021, pela plataforma virtual Whova. As inscrições e o prazo para  submissão de resumos vão até 1 de março de 2021.

4 de Dezembro de 2020

Novo entendimento estabelece parâmetros para parceria ampla em pesquisas de interesse mútuo, como as de materiais supercondutores.

A Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), um dos laboratórios líderes mundiais em física de partículas, e o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização supervisionada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia de Inovações (MCTI), firmaram hoje, 4 de dezembro, um amplo acordo de colaboração científica e tecnológica.

O acordo estabelece condições legais para colaboração em pesquisas e compartilhamento de recursos em qualquer área de interesse mútuo, em especial nas tecnologias aplicadas à física de aceleradores, ímãs e materiais supercondutores. Conhecimentos de enorme valor para o desenvolvimento de novas tecnologias, tanto no campo da ciência quanto em diversos setores da indústria.

30 de Outubro de 2020

Nova fonte de luz síncrotron brasileira poderá ser usado por cientistas do Brasil e do exterior, em estudos das mais diversas áreas

O Presidente da República Jair Bolsonaro e o Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, visitaram em 21 de outubro as instalações do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI). Na ocasião aconteceu a cerimônia que oficializou o início das pesquisas no Sirius, o maior e mais complexo projeto científico já desenvolvido no Brasil, em Campinas, SP.

20 de Outubro de 2020

LNLS abre chamada de propostas em qualquer área de pesquisa para experimentos de cristalografia de macromoléculas

Sirius continua avançando em seu comissionamento. Nos últimos meses, foram realizados os primeiros experimentos na linha de luz MANACÁ por pesquisadores externos dedicados a estudar os mecanismos moleculares relacionados à ação do vírus SARS-CoV-2.

Continuando a fase de comissionamento científico desta linha de luz, pesquisadores de outras áreas de pesquisa são convidados a submeterem suas propostas para utilizar a linha de luz MANACÁ, que permite o estudo da estrutura tridimensional de proteínas e enzimas humanas e de patógenos, com resolução atômica.

4 de Setembro de 2020

Proteína pouco entendida do vírus SARS-Cov-2 é um dos alvos do estudo da equipe da USP na nova fonte de luz

Em resposta à pandemia, o Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), antecipou a abertura da primeira estação de pesquisa do Sirius para apoiar pesquisas relacionadas à Covid-19. Pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos, da USP, foram os primeiros usuários da maior e mais complexa infraestrutura científica do País.

21 de Agosto de 2020

As inscrições para a edição online da 30ª Reunião Anual dos Usuários (RAU) estão abertas de 20 de agosto a 18 de outubro

Devido ao surto mundial da pandemia de COVID-19,  a 30ª edição do Encontro Anual de Usuários do LNLS será totalmente remota e online através da plataforma Whova. A 30ª RAU ocorrerá entre os dias 9 e 12 de novembro de 2020 e será promovida pelo Laboratório Nacional de Luz Síncrotron, localizado no Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais.

A submissão de resumos também está aberta e as contribuições serão recebidas até o dia 20 de setembro de 2020.

11 de Julho de 2020

Cristais de proteínas de SARS-CoV-2 foram primeiras amostras analisadas

A nova fonte de luz síncrotron brasileira, Sirius, do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), organização social vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), realizou os primeiros experimentos em uma de suas linhas de luz nesta semana. A primeira estação de pesquisa a entrar em funcionamento, ainda em estágio de comissionamento, é capaz de revelar detalhes da estrutura de moléculas biológicas, como proteínas virais. Esses primeiros experimentos fazem parte de um esforço do CNPEM para disponibilizar uma ferramenta de ponta à comunidade científica brasileira dedicada a pesquisas com SARS-CoV-2.

11 de Julho de 2020

LNLS abre chamada de propostas para usuários de cristalografia que desejam analisar amostras relacionadas à COVID-19

Com satisfação informamos que o Sirius alcançou mais um marco em seu comissionamento. Nos últimos dias, foram realizados os primeiros experimentos na linha de luz MANACÁ. Os testes iniciais reproduziram dados estruturais já estabelecidos na literatura, incluindo a proteína 3CL do SARS-CoV-2, indicando que a linha de luz, ainda em fase de comissionamento científico, já está em condições para gerar dados confiáveis.